segunda-feira, 27 de outubro de 2008

CASAIS


Tem homem que bate em mulher.
Tem mulher que trai homem.
Tem homem superficial.
Tem mulher legal.
Tem homem inteligente.
Tem mulher burra.
Tem homem que não liga pra aparência.
Tem mulher que se come diante do espelho.
Tem homem que se apaixona.
Tem mulher que não ama.
Tem homem que faz fofoca.
Tem mulher discreta.
Tem homem que faz gentileza.
Tem mulher que não tem educação.
Tem homem que gosta de bichos.
Tem mulher que não se apega.
Tem homem ruim.
Tem mulher boa.
Casais se fazem jogando dados.
Casais se encontram jogando cartas.
Casais se conhecem em dias quentes.
Casais se separam em noites frias.
Casais se juntam na primavera.
Casais se esbarram a todo instante.
Casais homo, casais hetero.
Casais rendem enquanto está bom.
Casais murcham quando rola estresse.
Casais ficam fortes quando há confiança.
Casais se destroem quando o ciúme vem.
Casais se equilibram quando têm base.
Casais sem uma meta em comum desmoronam.
Casais se formam quando o universo conspira a favor deles.
E o universo se encarrega de levá-los de lá pra cá, daqui pra ali, quando bem entende.
Dentro de sua ordem ou de seus caos.
O universo expande.
Casais.
Pardais.
E um cais.

2 comentários:

Ana Beatriz disse...

Ana, mais que um poema. Uma obra de arte sobre a relação a dois.

Alexandre Botelho disse...

Qual o nosso tipo de casal? Se enquadra em algum desses tópicos?